quarta-feira, 18 de março de 2009

Macarons para a Geiza da BarraDoce

(mais macarons nas postagens anteriores)

Já falei bastante destes macarons, mas desta vez, eles são apenas um pretesto para eu falar de uma pessoa e uma loja muito especiais: a pessoa é a Geiza e a loja é a BarraDoce, na Av. dos Eucaliptos, em Moema. Conheci a Geiza e sua loja faz uns 16 anos. Meus filhos eram pequenos e os dois menores precisavam de tratamento fonoaudiológico. Depois de muito penar, foi-me indicada a fonoaudióloga Ana Maria de Vasconcellos S. Jensen (a melhor fono do mundo, de verdade, a quem devemos, eu e meus filhos, muitíssimo). Pois bem, o consultório da Ana era ,e ainda é, na Rua Normandia. Enquanto um filho era atendido por ela, eu passeava pelas ruas das imediações com os outros dois. Assim, num desses passeios, entrei pela primeira vez na Barra Doce. Desde aquela época, era de pasmar: tudo que você imaginava precisar, ou nem imaginava existir, tinha lá. E, claro, a Geíza sempre presente e grande entendedora do assunto, só podia ter feito a loja crescer e se especializar ainda mais. Então, é claro que, assim que decidi voltar ao mundo da confeitaria, era indispensável que eu voltasse à BarraDoce. Como sempre, fui super bem recebida, e, com sua simpatia de sempre, recebi e recebo grandes dicas da Geiza. Numa dessas conversas, veio à tona os macarons. Esses fiz especialmente para ela, que vai atuar como um controle de qualidade. Ai que medo...

Os que levarei para ela são dos sabores de marzipan (o salmão) e doce de ovos (o amarelo), mas há uma infinidade de recheios: nozes, amora, blueberries, limão, limão siciliano, ganache de chocolate (branco e preto), ganache com morango etc...

Um comentário:

  1. faço macarons,uma fornada da certo a outra não.o que estou fazendo de errado?

    ResponderExcluir