sábado, 10 de julho de 2010

Verdes...

Eu tinha por aí uns 8 a 10 anos, e andando com a minha Nonna pelas ruas de Lindóia, ia ouvindo suas estórias e histórias. Eram palavras que se repetiam, muitas vezes, de outros andares, outros anos, outras ruas. 
E eu adorava...


Recorrentes eram as poesias, que ela amava e sabia de trás para diante. Adorava me falar de Fernão Dias e sua busca incessante e insana por um almejado tesouro: as esmeraldas. Ela me recitava Gonçalves Dias e Bilac:


"Verdes, os astros no alto abrem-se em verdes chamas;
                                                            Verdes, na verde mata, embalançam-se as ramas;



E flores verdes no ar brandamente se movem;
Chispam verdes fuzis riscando o céu sombrio;


Em esmeraldas flui a água verde do rio,
              E do céu, todo verde, as esmeraldas chovem..."



E me contava a história do poema. Da ilusão do Bandeirante em seu delírio febril, agarrando ao peito reles pedras, crendo serem todas esmeraldas. Um tesouro falso...


Queria me fazer entender que, muitas vezes, passamos a vida correndo atrás de tantas coisas (e agarramos várias delas) que sequer conseguimos reconhecer, e, que, enquanto isso a vida passa e a gente acaba por perder os verdadeiros tesouros que passaram por nós. Simplesmente por não termos tido a sensibilidade de ver. 


Lições preciosas de uma mulher desbravadora e sábia. Lições dessas que eu só vim a entender muitos anos depois... e, fazem com que eu sussurre, hoje,  num silêncio, quase prece:   ah...Nonna, entendi...


 obrigada...


talvez por esses passeios e esses poemas eu tenha aprendido a passar e deixar rolar tanta pedra, linda, brilhante e falsa...








 e tenha parado ao enxergar uma esmeralda...

35 comentários:

  1. Marina,
    Sua Nonna era uma sábia e você herdou sua poesia.
    Parabéns!
    Lindas fotos e belo texto.
    Beijinhos.
    Fátima

    ResponderExcluir
  2. nooossa adorei esse a decoração, diferente. Nem parece comida.

    ResponderExcluir
  3. oi Marina

    Sou fã das suas fotos..kkk
    Adorei conhecer um pouquinho da tua história!!!

    bjocas

    ResponderExcluir
  4. Marina, que privilégio ter uma avó especial, como esta.
    Que privilégio nosso, ver um post caprichado como este!
    Que cores fantásticas, destes macarons!
    Obrigada.
    Abraço grande!

    ResponderExcluir
  5. Oi amada!
    Que doce visita recebi de você.
    Doce aliás não por acaso já que vc é um doce em pessoa.
    Amo o seu cantinho só que fica sempre uma dúvida como que faço pra sentir o sabor??
    Me conta você vende essas maravilhoas? Tem mínimo? Dura quanto tempo?
    Sou do Rio.
    As cores dos Macarons são tentadores.

    É sempre muito bem vinda no meu cantinho!!
    Um beijo e muito obrigada pelo carinho.

    Alê

    ResponderExcluir
  6. pink....now green! yay and yummy!!!!!

    ResponderExcluir
  7. Simplesmente AMEI seu blog!!

    P A R A B É N S!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Querida Marina, me has emocionado con este tributo y reconocimiento a tu Nonna... yo veo que ella debe sentirse muy feliz con las hermosas imágenes que muestras en tu blog y con los maravillosos colores de tus creaciones deliciosas!!! Yo recuerdo tambièn a mis dos abuelas, mi Nona y mi Mimì, y ambas me enseñaron tanto....
    abrazo enorme,
    maria cecilia

    ResponderExcluir
  9. Que coisa mais linda!
    Beijos!
    http://myblogsaborear.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Você combina perfeitamente o doce e a poesia,entretendo até a nossa alma.
    Até hoje guardo na mente um poema de Olavo Bilac,chamado o pássaro, o relógio e o espelho,que a criança tímida que eu era teimava em recitar.
    Nunca imaginei ver imagens que combinam tão bem como as suas.Deve ser pq poesia combina com tudo.Não me canso de elogiá-la.
    Beijos,
    Nena Moura.

    ResponderExcluir
  11. Marina, um post doce em todos os sentidos!
    Bjks

    ResponderExcluir
  12. What gorgeous colours! Hope you are having a delightful weekend! x

    ResponderExcluir
  13. Marina,

    Estou encantada... Com a sensibilidade e com o carinho que transborda de suas palavras.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. What an incredible colour!!! Nice work :-)

    ResponderExcluir
  15. Marina, amei o poema, o bolo, os macarrons e o tom incrível que você conseguiu pra eles!!!!! Cada vez te admiro mais e adoro as suas produções pras fotos! Parabéns!!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Lindo Ma!
    Como sempre, seu blog é perfeito, nas imagens e palavras!

    Beijocas.

    ResponderExcluir
  17. Como as avós nos tem a ensinar...ensinamentos estes que jamais ninguem poderá roubar de nós...pequenas esmeraldas que hão de ficar para sempre na nossa lembrança!

    Parabéns pelo post, e as fotos como sempre maravilhosas!

    ResponderExcluir
  18. Quanto talento...as imagens estão lindas, adoro seu capricho. Beijocas!

    ResponderExcluir
  19. Lindos os macarrons, não sei em que cor ficam mais lindos... beijo querida e bom domingo

    ResponderExcluir
  20. Além da minha dieta ir pras cucuias com essas belezuras que me fazem ir correndo atrás de um doce, ainda tem essas palavras que nos fazem viajar.

    ResponderExcluir
  21. Fotos lindas, maravilhosas , só falta o perfume !
    Um beijo e muito obrigada pelo carinho.

    ResponderExcluir
  22. Linda Marina, me emocionei com tanta poesia e sensibilidade.Você é uma poetisa que escreve seus poemas nos magníficos doces e enche não só nossos olhos como também nossos corações.Essas fotos me fizeram ver que a vida É COR DE ROSA e podemos encontrar nossa esmeralda verdadeira. bjsss e continue nos mostrando as coisas belas que vc faz.

    ResponderExcluir
  23. Oi Marinaaa!
    Vim agradecer tua presença lá no blog e teus votos de boa sorte com a minha banca!
    Quanto ao bolo, adorei, super descolado! Quanto aos macaroons, c sabe que eu morro de inveja deles, né?hahahaha, inveja boa!

    Bom fds pra vc! bjo

    ResponderExcluir
  24. Marina, tomei a liberdade e publiquei o link do seu bolo de banana no meu blog. Virou hit aqui em casa no domingo á tarde! Bjs

    ResponderExcluir
  25. Marina..so beautiful that you have those memories to hold onto about your Nonna...I wish I did..but both my grandmothers passed away when I was very young..so I dont remember much about them. Beautiful post x

    ResponderExcluir
  26. Oii!
    Estou passando para divulgar o blog e o sorteio que está acontecendo por lá.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Aiai Marina, vc sempre me arrancando suspiros docinhos com tua doçura!! Lindo post, o que posso dizer sobre teus macarons, acho que cada vez vou colocar um adjetivo prá eles, hoje será 'singeleza'...bjokas!!

    ResponderExcluir
  28. Lembrei de voce ontem,pensei: A Marina deve estar em férias.
    bjks

    ResponderExcluir
  29. Todo bien, Marina?? Extraño tus bellas fotos y deliciosa comida!!!!!!

    ResponderExcluir
  30. Linda as imagens...lindas as suas palavras...adorei...beijos

    ResponderExcluir
  31. Olá querida, você esta sumidinha.
    Espero que esteja bem!
    Beijos!
    ttp://myblogsaborear.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  32. Que texto mais emocionante, tão linso quanto os doces!
    Bj,
    Dani

    ResponderExcluir
  33. Marina sumida...Tem promoção lá no blog. Beijocas!

    ResponderExcluir
  34. Lindo!!
    Amei sei blog...é minha primeira vez por aqui.
    Tô te seguindo pra ver as novidades.

    Também tenho um bloguinho de coisas de casa ,decoração, família, etc. Seria uma honra a sua visita e sua participação.

    beijo
    Dri
    http://coisasqueeuamoetc.blogspot.com/

    ResponderExcluir