quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

Galette de Ameixas


Galette é uma torta rústica, normalmente feita com frutas da estação. Com pouquíssimos ingredientes, simples, fácil, descomplicada e deliciosa!!!!


Esta é de ameixas, todas do quintal da casa de Águas de Lindóia. Esse ano lotou de ameixas, o que me faz imaginar
que ela gostam do clima seco. Estas ameixas prá lá de orgânicas são muuuuito saborosas, tem uma mistura de azedinho e doce na medida certa! nhamm



Mas, voltando à galette, ela pode ser feita com qualquer fruta. Se a fruta for muito suculenta, você pode acrescentar, juntamente com o açúcar, um pouquinho de fécula de batata (imensamente superior ao amido de milho para este fim).

Você vai precisar de:

INGREDIENTES

Para a massa

-  1 xícara e mais 1/4 de farinha epecial
- 1 colher de sopa de açúcar 
- 100 grs de manteiga gelada
- 1 ovo
- aproximadamente 1 colher de sopa de água

Para o recheio

- 8 ameixas (sempre dependendo do tamanho da fruta)
- 2 colheres de sopa de açúcar (na verdade é bem a olho...)
- uma fava de baunilha

MODO DE FAZER

A massa

- Colocar todos os ingredientes, exceto a água, no processador e dar pulsadas até incorporar. Acrescentar a água e dar mais uma pulsada ( a quantidade de água deve ser o suficiente para dar o ponto, que é atingido quando você junta a massa com os dedos e ela forma um bolinho, como na foto abaixo). Tirar a massa do processador, formar uma bola(sem trabalhar a massa, para não desenvolver o glúten), envolver em filme plástico e levar à geladeira para descansar por meia hora. Após este tempo, abrir a massa entre duas folhas de papel manteiga (quando está muito calor, acho sempre melhor abrir na mesa enfarinhada), colocar sobre uma forma forrada com ppel manteiga e reservar.

Recheio

Cortar as ameixas em fatias finas e ir acondicionando sobre a massa, deixando as bordas livres. Após estar toda coberta, polvilhar açúcar a gosto, que já foi misturado com as sementinhas da fava de baunilha. Dobrar as beiradas da massa e levar ao forno pré aquecido a 200ºC e deixar até a fruta estar bem macia e brilhante e a massa corada (algumas vezes a fruta demora mais para assar do que a massa, neste caso, se necessário, proteger as beiradas da massa com papel alumínio).

Retirar do forno, colocar sobre uma grelha para esfriar e servir com chantili fresco. É sensacional! Juro!!



Nenhum comentário:

Postar um comentário