segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Ratatouille ... só que não!


Aí, procurando uma receita de ratatouille rápida, me deparo com uma da francesa Meirelle Giuliano, autora do best seller Mulheres Francesas Não Engordam (quem me dera!) - hahaha. Ela ensina um tipo de ratatouille super fácil e delicioso! Você coloca todos os ingredientes de uma vez
numa panela de fundo grosso (uso a de ferro esmaltada), tampa e deixa cozinhando. Bem, dei uma adaptada na ordem dos ingredientes e na quantidade de tomates (que eu aumentei).





Desde que peguei esta receita, faço praticamente toda a semana. Dura bem na geladeira e fica excelente para comer quente ou frio, com pão (nhammm) ou acompanhando uma carne, um arroz, outros legumes etc. Uma das vezes que fiz, deixei secar mais do que devia, ou seja, esqueci a dita da panela no fogo e quando me dei conta, desliguei correndo e mexi bem rápido para evitar que o fundo queimasse com a quentura da panela. Não é que do  ratatouille  original, criou-se um antepasto maravilhoso? A partir de então eu deixo secar bem e faço assim, como uma conserva, um antepasto.

Olha só como é fácil:

INGREDIENTES

- abobrinha
- beringela
- tomate
- alho
- manjericão
- azeite
- sal, pimenta do reino
obs.: quanto menor os legumes, melhor o sabor, assim, procuro sempre os vegetais orgânicos e escolho os menores e mais firmes!

A proporção é de 1 de abobrinha, 1 berinjela, para dois tomates, 8 dentes de alho e folhas de manjericão. O azeite, o sal e pimenta a gosto.

MODO DE FAZER

Cortar a abobrinha, a berinjela e os tomates na horizontal em fatias médias para finas. O alho, cortar na vertical em fatias fininhas. Colocar numa panela com fundo grosso o azeite e uma camada de berinjela. Por cima, colocar a abobrinha, depois os tomates e colocar o alho e o manjericão. Repetir as camadas. No final, colocar sal, pimenta do reino e regar com mais azeite (ou não - se estou numa semana mais ligth nem ponho). Neste eu ainda coloquei ervas de provence, mas só porque eu quis. Tampe a penela e deixe cozinhando em fogo baixo. Aí há 3 opções: 1) pode-se tirar quando ainda tem um caldo e servir numa tigela, os vegetais e o caldo (o caldo é uma delícia); 2) Pode deixar apurar mais um pouco, secando mais o caldo e servir como acompanhamento; ou, ainda, 3) Pode secar todo o caldo e misturar bem, servindo como um antepasto ou mesmo acompanhamento. Eu prefiro esta terceira opção, porque o alho e a pimenta ficam mais apurados. Com pão ou um assado é uma delícia! Qualquer uma das opções, servir após 20 minutos depois de pronto.
Dura uma semana tranquilamente na geladeira e pode ser congelado.






Nenhum comentário:

Postar um comentário