segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Tiramisu - receita original



Começo com uma confissão: eu e o Tiramisu não temos muita intimidade. Lido com ele com certa cerimônia, cheia de dedos. Apesar disso, resolvi fazer. Assim começou uma busca nos sites italianos da receita tradicional de Tiramisu. Li que na Receita Tradicional, originalmente, não vai bebida alcoólica. É café, café forte e apenas café e que o biscoito a ser usado é o Savoiardi. Os ovos não são aquecidos de forma alguma e que aquecer os ovos seria considerado um absurdo. Vi, também, que há quem considere que na receita original não se utilizava as claras. Parti, então, para o consenso e utilizei a receita que mais aparece, que é o Tiramisu original como é feito hoje! hahaha, com alguma bebida no café e com as claras.


Eu, pessoalmente, acho super válido alterar e adaptar as receitas de acordo com o gosto ou com as precauções pessoais (digo isto por conta da utilização de ovos crus). Encontrei várias receitas de Tiramisu nos blogs daqui e várias me pareceram muito interessantes, gostosas e muito bonitas. Mas, já que eu ia tentar estreitar meus laços com ele, achei por bem respeitar seus caprichos.

Desta forma, fiz o Savoiardi*, fiz o Mascarpone** (clique e veja as receitas), comprei ovos fresquíssimos e fui em frente (anotei num papel as proporções de ovos, mascarpone e açúcar e fui girando pelas receitas; vi que esta proporção se repete em quase todas. no fim, acabei pegando a receita daqui e daqui). 

* Fiz a receita de biscoito champanhe e do savoiardi (que você pode conferir nos links acima), já que o savoiardi não é facilmente encontrado aqui, para ver a diferença. O champanhe tem um crocante a mais por conta do açúcar cristal e o savoiardi um saborzinho a mais, por conta das raspas de limão e da baunilha. Cheguei à conclusão que não há uma alteração tão substancial na substituição do biscoito. Ou seja, vale a pena fazer o savoiardi, mas se não estiver com tempo ou a fim de fazer este biscoito, não deixe de fazer o Tiramisu, apenas use a bolacha champanhe. E, por fim, se fizer o savoiardi, faça no dia anterior e guarde os biscoitos num pote bem fechado. Eles estarão mais secos no dia seguinte e não amolecerão tanto na hora de banhar no café.

** Resolvi testar a receita do Mascarpone caseiro (receita no link acima), porque este queijo é bem caro e pode acabar desencorajando a gente de fazer uma experiência. Assim, utilizando uma receita da Lenôtre (link do livro na receita do Mascarpone), acabei com 500 grs de mascarpone feitos com 500 grs de creme de leite fresco e um limão (fiz meia receita do Mascarpone). E fica 10!!

Ah, tem mais uma coisa: as gemas...muita gente tira a pele das gemas para que suavize o gosto de ovo etc etc. Eu serei sincera: um dos únicos doces para o qual eu peneiro as gemas é o fio de ovos e apenas para que não fiquem grumos. Nas receitas que vi nas pesquisas nos sites e blogs italianos que falei acima, não há nenhuma indicação para peneirar as gemas, mas, sim para bater muito bem. Já nas receitas brasileiras, várias pessoas falam para peneirar. Aí, vai do gosto do freguês, ok?

Finalmente, a receita:

INGREDIENTES

- 6 ovos
- 120 grs de açúcar
- 500 grs de mascarpone
- 1 xícara grande de café bem forte
- 3 colheres de rum, Marsala ou licor de chocolate (usei licor de chocolate)
- cacau 100 % em pó para pulverizar

MODO DE FAZER

Bata as claras em neve bem firme e reserve. Bata as gemas com o açúcar até estarem beeeem clarinhas (uns 10 minutos na planetária). Desligue a batedeira e agregue o mascarpone misturando com um fouet. Volte e bata a mistura na velocidade 1 só um pouquinho, um minuto basta. Misture as claras na mistura de gemas e mascarpone, incorporando lentamente, para não perder o ar e o volume. Reserve. Misture o café com a bebida escolhida e mergulhe rapidamente os biscoitos, acomodando-o em camadas num refratário ou numa forma de fundo falso forrada (se for desenformar). Coloque o creme reservado sobre a camada de biscoitos e sobre o creme pulverize o cacau. Repita mais uma camada. Esta receita foi suficiente para fazer um Tiramisu quadrado (dizem que deve ser redondo - ops!) de 20 cm de lado. Leve à geladeira por no mínimo 4 horas. Mas, de um dia para o outro fica muito melhor!










Como vocês podem ver, eu forrei uma forma com papel manteiga. Na hora de desenformar o creme passou por cima dos biscoitos e as camadas não ficaram aparentes do lado de fora do doce. Apenas quando cortei era possível ver as camadas dos biscoitos. Talvez num refratário ou em potes individuais fique mais bonito...





Nenhum comentário:

Postar um comentário